quarta-feira, 8 de julho de 2020

Institui-se "Dia do Escritor Getuliense"









Queridos amigos e amigas, confrades e confreiras, adultos e mirins,
  Academia de Letras do Brasil Santa Catarina de Presidente Getúlio
 tem  uma novidade fantástica!

Hoje,  dia 8 de julho de 2020, institui-se  o

 "DIA DO ESCRITOR GETULIENSE"

 Criado pela Lei 023/2020, sancionada pelo Prefeito Municipal Sr. Nelson Virtuoso.
O Projeto Lei é de autoria do Vereador e Imortal Leonardo Pavanello Júnior,
 constituído em parceria com a
 Academia de Letras do Brasil Santa Catarina de Presidente Getúlio.
A escolha da data deu-se em homenagem ao
 Patrono da ALBSC PG, professor, escritor e músico, 

Sr. Paul Müller, (in memorian)

cujo aniversário de nascimento é dia 8 de julho.

Parabéns Escritor Getuliense!

Lorena Zago - Presidente Getúlio - SC
Imagens do arquivo da entidade

Julho 2020


terça-feira, 7 de julho de 2020

Contemplação





Queridos amigos e amigas leitores(as) 
para aliviar por segundos os pensamentos exacerbados
 com a problemática alusiva à Covid-19, reapresentamos
um poema de nossa autoria  intitulado:

     Contemplação!  
    
No silêncio interior,
Vivências se manifestam.
Olho as paisagens
Que me reportam,
Para momentos de alegria,
E outros de saudade.
Vejo ao longe,
A neblina envolvendo as montanhas.
Os raios solares
Infiltrando-se timidamente
Sobre a vegetação densa,
Alcançando a placidez das águas.
A sensibilidade auditiva capta,
Uma música silenciosa,
Que se funde ao misterioso cenário.
Íngremes vales confrontam-se
Com as planícies distantes.
Nuvens, Sol, cachoeiras
Mesclam-se à harmonia reinante.
Sinto-me flutuando
Ao encontro do infinito.
A brisa banhando o meu rosto,
Sentidos entrelaçados,
Encontros com a essência.
 Sem dor, sem cor...
Apenas Luz, Calor e Amor!

Lorena Zago - Presidente Getúlio - SC
Julho 2020

Imagens do Google



quarta-feira, 1 de julho de 2020

Saudades(2)



Queridos amigos e amigas, 
hoje inicia o segundo semestre 2020!
Compartilhamos um poema reflexivo
 que sente-se inserido na problemática mundial 
Convid-19 e intitula-se:

Saudades (2)
A tristeza adormeceu os sentidos.
Porque fez morada nos seres?
A incompreensão somatizou
Profunda comoção!
Como ser forte neste momento?
Eis a questão.
Entendia-se que o mundo iria mudar...
Mas como irá mudar,
Se os Seres não entenderam a mensagem,
O que será necessário,
Mais tristeza e Seres terão de ir?
 A chave para a mudança está no âmago dos humanos!
Será que não a encontraram?
Faltou o silêncio interior,
A reflexão profunda,
O entendimento,
 O olhar para dento de si
E o olhar a sua volta
Com a voz e o olhar do coração...
Porque a razão não conseguiu penetrar
 Nas profundezas da alma.
As essências estão turvadas
Pelo egoísmo, pela prepotência, pelo poder,
Por não saber constituir a mudança dentro de si?
Qual é a razão, Meu Deus!
Há que haver um encontro planetário
E um grande e profundo debate
Sobre o que é ser feliz!
A verdadeira versão sobre felicidade.
O que é maior do que a paz interior,
Saúde, mental e física,
Energia para batalhar pela própria existência,
Crer que se pode, quando se deseja realmente alcançar objetivos,
Que as forças se encontram no interior de cada humano,
Em cada sorriso sincero, em cada palavra de apoio,
Em cada gesto de confiança?
Mas há que haver confiança.
Amor, muito amor e compaixão.
Solidariedade, carinho, amizade verdadeira,
Um abraço fraterno,
Ou muitos abraços fraternos,
 Olhar nos olhos e dialogar.
Dialogar, compreender e sorrir
Ao mundo, aos seres,
E, em conjunto, a alegria estender,
Para um novo Mundo prover!
Saudades, muitas saudades
Do tempo em que isto foi possível,
E não compreendíamos
O quão felizes podíamos ser.....
Saudades, esperança, transparência,
Um gesto humanitário,
Humanos e Planeta,
 De mãos dadas ao encontro da comunhão!

Lorena Zago – Presidente Getúlio – SC

Imagens do Google
Julho 2020


domingo, 28 de junho de 2020

Telhado de Flores



Caros amigos e amigas, "Domingo com Poesia"
 compartilha um poema elaborado
 há algum tempo ,  mas hoje, pretende
 amenizar por alguns momentos,
os pensamentos dos profissionais
 que trabalham na linha de frente
dedicando-se aos acometidos
 pela Covid-19.

Por um pouco de Paz 
e conscientização aos Seres!


Telhado de Flores

Quisera compreender a casa,
Cujo telhado decora-se de flores.
Quisera instaurar-me em sua essência,
Conhecer suas raízes,
Absorver a sutileza de sua estrutura,
Tocar de leve a composição do solo,
Comungar de seu alicerce,
Emprestando-me à firmeza constituída,
Em suas paredes caladas,
Transcendendo sapiência e esperança.
Buscar abrigo, entrelaçando-me
Nas frestas do amor impregnado em cada canto.
Deixar fluir os meus sentidos,
E conectar-me à luz do seu misterioso encanto.
E nesse contexto de beleza e magia,
Compartilhar a união dos elementos,
De ser abrigo e, ao mesmo tempo, decorar olhares.
Oh, telhado de flores!
Emanas ternura em tua singular beleza!
E ao contexto humano, estendes notas de esplendores.
Iluminas o Universo,
Enobreces as auroras,
Perfumas anoiteceres,
Elevas os humores,
Espelhas humildade,
Encantas com fulgores,
Alegras as vivências,
Transcendendo na essência,
Esperança e amores!

Lorena Zago – Presidente Getúlio - SC

Este poema encontra-se registrado na
 Coletânea "Telhado de Flores"
organizado por Salomé Pires.

Junho 2020
Imagens do arquivo pessoal




domingo, 21 de junho de 2020

Ensaio Poético





Queridos(as) amigos(as), comemorando "Domingo com  Poesia"
 compartilhamos um poema 
de nossa autoria, intitulado:

Ensaio Poético!
Seu olhar angelical encanta,
Sua meiguice desencadeia ternura,
Que toma forma em suas
Manifestações juvenis.
Poesia, prosa, expressões culturais,
Definem este ensaio de princesa.
Na dança impressiona com beleza e graça,
Na prosa externa suas leituras de mundo.
Perseverante, astuta e sagaz,
Encanta o Universo com seu cantar.
Na literatura demonstra seu mundo  imaginário,
E a riqueza das fantasias juvenis.
Ao seu espírito de liderança, soma-se a determinação,
Que compartilha com seus grupos de amizade.
Da meninice à adolescência,
Instauram-se singulares compreensões.
E ímpares manifestos traduzem emoções.
A ponte para o entendimento no diálogo se propõe
Inserindo-se ao Universo com infinitas lições
Buscando na espiritualidade singelas comunhões
Aflorando em sua meiguice ímpares traduções
E em sua essência mesclam-se sensações
Que ao Universo transmutam manifestos
De luz e ilimitadas transformações!

Lorena Zago – Presidente Getúlio – SC

Homenagem à neta Eduarda Gabriely Bairros

 Junho 2020
Imagens do arquivo pessoal